domingo, 25 de setembro de 2011

[OPINIÃO] LEOísmo, bebidas alcoólicas e outros pontos mais


Não é difícil lembrar-se de alguma festa que ocorre durante eventos do LEO Clube algum companheiro que tenha se excedido na bebida, mas pra mim como companheira LEO é triste ver que isso se torna freqüente e cada vez maior numero de associados acabam esquecendo o verdadeiro propósito de estar ali em um evento de LEO.
Sei que não posso falar muito,  tenho apenas dois anos de movimento, mas já foram suficientes pra presenciar cenas vergonhosas como companheiros muito alcoolizados, ou carregado por outros.
Não querendo ser radical, mas já sendo acho que deveria ser proibido venda, consumo de bebidas alcoólicas em eventos de LEO, já que alguns companheiros não sabem ‘beber socialmente’ e acabam ‘fazendo feio’ diante a sociedade e talvez veja aquela pessoa e diga: ‘’Olha ali o companheiro LEO sendo carregado de tão bêbado’’ ou “Que exemplo desse garoto(a) do LEO”. Umas das coisas durante o encontro de região D que aconteceu nesse domingo(25/09/2011) foi a fala do CL. Cleitton Costa, Presidente do LIONS Clube de Várzea Alegre, que entre muitos pontos positivos do seu discurso falou sobre como os companheiros que fazem campanhas contra drogas e etc.  podem ter esse tipo de comportamento. Ele foi totalmente correto em seu discurso. Acho que nos todos então como companheiros LEO temos que aprender que não importa onde estivermos sempre seremos conhecidos e reconhecidos como C. LEO Fulano de tal, estaremos sempre observados e vigiados por nossa comunidade, que tem todo o direito de nos cobrar pelo menos um bom exemplo. Creio que a solução para esse problema é a instrução junto com o veto de bebidas alcoólicas em eventos de LEO, não podendo esquecer que o LEO JUNIOR também se faz presente em eventos de LEO, e nos tem como exemplos, então parem, pensem, reflitam: Eu como companheiro LEO estou sendo um bom exemplo para a sociedade, para o meu LEO JUNIOR?                                                                                                          Se cada um fizesse sua parte, se olhar para o vizinho, iriamos bem mais longe.
Antes de ir a eventos fora da minha cidade tinha um encontro desse tipo como algo ‘mágico’, onde ia encontrar pessoas que assim como eu estão ali por um mesmo propósito: SERVIR. Onde conheceria pessoas que pudesse somar meus conhecimentos, e dividi-los também. É claro que se encontra pessoas assim em nosso Distrito (LEO LA-4), mas infelizmente pessoas que estão ali só para andar, fazer amizades,  namorar, e beber... Como se fosse um fim de semana para farrear, ou uma colônia de férias.  Pessoas que não estão ali para aprender nada, que as plenárias, os momentos de falar de verdade sobre o movimento é a parte chata, cansativa e para alguns desnecessárias, digo isso porque já ouvi da boca de um companheiro(se é que posso chamá-lo assim) dizendo o quanto era inútil e desnecessário a plenária em um evento de LEO, agora eu me pergunto, o que iríamos fazer em um evento de LEO se não falar do mesmo? Não tem cabimento, é claro que uma plenária longa pode chegar até ser cansativa, mas no fim sempre aprendemos e saímos felizes.
Ver isso me entristece tanto, mas não me faz desistir do movimento faz querer lutar por ele, porque eu posso dizer sem dúvidas, EU NÃO SEI MAIS VIVER SEM O LEO CLUBE, e dizer isso para mim não é exagero nenhum.  E tudo que tiver ao meu alcance eu vou fazer para melhorar, ajudar, divulgar a imagem positiva do LEO, começando dentro do meu clube, seja com boas idéias, pequenas instruções, somando conhecimentos e fazendo sempre mais, tudo pelo prazer em servir, em ajudar, em ver um sorriso, em liderar meu clube, enfim em ter a consciência limpa e dizer: sim eu sou um companheiro LEO.
Pra finalizar quero que fique claro que essa é a minha opinião, C. LEO Beatryz Félix, sócia do LEO Clube de Icó, e tudo dito acima é minha opinião, minha visão que venho juntando de um bom tempo e depois de certos acontecidos resolvi que tava na hora de falar. Se vai ajudar, ou acabar com o problema eu não sei, sei que me sinto mais leve, mais útil... Mais LEO

16 comentários:

  1. Sou C.LEO há um pouco mais de cinco anos e a minha opinião até certo ponto vai ao encontro à sua, mas penso por outro lado, também...

    Aqui no 'meu' distrito foi proibida a venda e consumo de bebidas alcoólicas desde o AL passado... e o que tem-se visto são coisas piores do que antes havia...
    Antes o clube sede vendia cerveja, agora os CC.LEO saem do local do evento atrás de destilados, que são bebidas mais fortes e ainda correm perigos andando pelas ruas...

    Um evento de LEO é um lugar para rever amigos, também... a festa, ou confraternização, é um lugar de descontração que parece ir ao encontro de 'uma cervejinha'... eu, honestamente, não sinto falta nenhuma da bebida...
    mas o que tenho reparado é um público mais, digamos, "jovem" e ainda diminuto nos eventos deste distrito... seria a proibição da bebida uma das causas? não sei, não fiz pesquisa de opinião... mas existe aí uma probabilidade...

    então a minha singela opinião é que não devam ser proibidas as bebidas alcoólicas... o que na verdade está faltando é compromisso dos Conselheiros LEO!... são eles quem realmente conhecem a realidade de cada C.LEO e que sabem qual o limite de cada um... os clubes precisam de Conselheiros comprometidos com a causa: que acompanhem em festas, em alojamentos, em viagens... em TUDO... que Conselheiro não seja só mais um cargo a ser preenchido...

    e não esqueçam que: tudo o que é proibido é mais gostoso ;)

    ResponderExcluir
  2. "os clubes precisam de Conselheiros comprometidos com a causa: que acompanhem em festas, em alojamentos, em viagens... em TUDO... que Conselheiro não seja só mais um cargo a ser preenchido..." - Essa frase resume o real problema da situação.
    Faço parte do movimento LEO a exatamente 4 anos, e não discordo da ação dos companheiros do LEO Clube de Várzea Alegre em NÃO vender bebida, não sei se é uma tentativa frustrada, mas que a polêmica que causou e que comprovadamente foi por causa do álcool vai servir pra mostrar que realmente não vale a pena....
    Estar em um evento do LEO é pra aprender, rever amigos e principalmente estar lá representando o seu clube, se vc é um líder de seu clube e é uma imagem a ser seguida então dê o exemplo e faça com que respeitem o clube anfitrião.
    NO meu clube esse evento vai ser o tema do nosso instituto de liderança do proximo final de semana, e todos deveriam pensar nisso, mesmo sendo liberada a bebida alcoólica em evento deveríamos pensar que não vale a pena, arriscar o evento todo por causa de um final de semana sem álcool!

    Ass: C.LEO Seixa Lemos
    Conselheiro LEO JUNIOR JCM - LEO Clube de Crato
    Coordenador da Região E - Distrito LEO LA-4

    ResponderExcluir
  3. Só complementando aqui: eu acho que se for verdade que o problema está nos conselheiros, então que eles aconselhem os companheiros LEO a não beber(pelo menos não em eventos do movimento, no mínimo) independente de ser liberado ou não. Daí vai da consciência de cada um.

    ResponderExcluir
  4. Na minha opinião o problema não está nos conselheiros, mas sim nas pessoas q entrão no clube com o intuito de 'bagunçar' e não de aprender alguma coisa.
    Se o LEO Clube de Várzea Alegre aderiu a ideia de um evento sem bebidas alcoólicas , é pq ultimamente boa parte dos companheiros não respeitam mais o limite de nada e acabam prejudicando todo o movimento LEO.
    O que eu acho é q todos os Clubes de LEO e LEO JUNIOR deveriam selecionar melhor as pessoas q vão entrar no movimento, não pensar só em quantidade mais sim em qualidade.


    Sandra Gregório
    LEO Clube de Várzea Alegre

    ResponderExcluir
  5. Olha Companheiros eu não sei se vocês concordam mais o que era pra ser um Encontro de Região onde os Clubes iriam discutido assuntos de interesse do movimento virou um debate sobre o q aconteceu na noite anterior e acabou que não foi decidido nada"
    E isso se deve a Companheiros que se dizem ser "COMPANHEIROS" que saem de suas cidades, não com o intuito de aprender algo sobre o movimento mas sim pra encher a cara e tirar fotos e colocar no orkut manchando o nome do LEO porque eu acho que só pode ser isso...

    ResponderExcluir
  6. Concordo C.LEO Sandra...queremos qualidade para nosso movimento de LEO isso sim é ser companheiro respeitar as ideias dos outros as regra...

    ResponderExcluir
  7. CONCORDO QUE muitos que ''se dizem ser "COMPANHEIROS" que saem de suas cidades, não com o intuito de aprender algo sobre o movimento mas sim pra encher a cara e tirar fotos e colocar no orkut manchando o nome do LEO porque eu acho que só pode ser isso...'' O LEO PRECISA DE INSTRUÇÃO, UM LIONS VAI FUNDAR UM NOVO CLUBE, POIS ANTES DISSO FAÇA INSTRUÇÃO POR CIMA DE ISNTRUÇÃO, MOSTRE COMO DEVE SE COMPORTAR EM UM EVENTO. MOSTRE O QUE É SER LEO.
    e o clube que vai entrar novos socios faça o mesmo, não existe coisa mais triste dentro do movimento que socios sem saber de nada.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns C. LEO Beatryz não discordo uma virgula do que você disse. Pessoas assim como você me alegram e me dao esperanças dentro do LEO Clube. Parabens a todos da equipe que fazem esse maravilhoso blog!!!!

    ResponderExcluir
  9. C.LEO Álisson Nunes, Sócio do LEO clube de Lavras da M.27 de setembro de 2011 22:48

    Minha opinião é que cada companheiro sabe o que é certo e errado, colocando como exemplo o ocorrido no encontro da região 'D', em todas as portas de todos os quartos do alojamento, tinha um papel informando o que podia ou não fazer, então se lá tinha que não era permitido a entrada de bebida alcoólatra ou de pessoas alcoolizadas, então não era necessário beber. E colocando em ponto a questa dos conselheiros eu não posso nem palpitar no concelheiro do meu clube, o CL. Cleitton Costa, que acima de conselheiro é nosso amigo, pai e irmão e que todo tipo de instrução ele repassou para o meu clube e se nesse ocorrido tinha meus companheiros, isso não culpa do conselheiro e sim do próprio companheiro.

    ResponderExcluir
  10. Como disse o C. LEO Alisson, acho que é mais uma questão de consciência... Uaai, será que tem gente que ainda nao sabe oq é certo e o que é errado? Nao tem cabimento, uai eu tive otimos conselheiros e pessimos conselheiros na minha vida LEOistica mas nao precisou que eles ficassem ''Nao faca isso, isso nao pode'' ou "sim, pode fazer isso'', ou ''voce nao pode sair do hotel''.... Tinha consciência, estou num evento de LEO, eu sou LEO tenho que comportar como um verdadeiro LEO se comporta. Agora tem gente que não merece carregar o pin na lapela, o C. LEO antes do nome, por que sao aqueles socios 'CAÇA EVENTO', infelizmente todo clube tem o seu (ou os seus).
    Priorizem QUALIDADE, daqui a um ano serei ja serei LEÃO e fico triste em ver tantos LEO despreparados, desmotivados...

    ResponderExcluir
  11. eu acho que ficar bebu em evento e pura falta de RESPONSABILIDADE.... pura falta de LEOísmo. ... Pronto, falei!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Acho que um evento de LEO tem que deixar de ser sinônimo de FESTA|FARRA|e BEBIDAS

    ResponderExcluir
  13. SHOOOOOOOOOOOW ESSE TEXTO, FECHOOOO!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Acho que a culpa é dos conselheiros que não instruem seus sócios.

    ResponderExcluir
  15. Antes LEO era sinomino de qualidade
    agora é QUANTIDADE
    esse é o problema.

    ResponderExcluir
  16. eu acho que ficar bebu em evento e pura falta de RESPONSABILIDADE.... pura falta de LEOísmo. ... Pronto, falei!!!!!

    Faço desse companheiro minhas palavras, beber é uma coisa eu bebo sempre e sempre vou beber agora ficar bebado é para quem não tem responsa mesmo..

    É falta de comprometimento com o movimento, pois ninguem q bebe demais consegue se concentrar nas assembleias do próximo dia..

    ResponderExcluir